quarta-feira, 11 de março de 2009

Sementes da Vida















Foto de Emanuel Azevedo


SEMENTES DA VIDA
Efigênia Coutinho (Mallemont)

Refiz meu jardim, ressurgido o tempo,
Vitória da vida na maior idade!
Futureceram flores de alegria
O meu sonho feliz da fantasia...

Vão acordar as flores adormecidas
No calor da terra em gestação,
E quando acordarem o mundo treme
Por ser a terra inteira uma emoção!

O alimento é um abraço cheio de força,
Que vai futurecer, na sucessão
das horas mostradas nos grandes relógios,
o grão, amanhã caule, da paixão...

Semeio uma mão pura de sementes
que outros semearam noutras gentes...

Brasil, 04-11-2003

10 comentários:

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

Fazer poesia é saber fazer amor com as palavras... e vc querida Efigênia, chega num êxtase perfeito! Sabe, existem pessoas que sentimos carinho assim que nos esbarramos, você foi uma.

Grande beijo, poetisa.

Rebeca

-

Carlos Manuel Pereira Rodrigues disse...

Belo poema e fotografia. Gostei!
Até breve.

Adrian LaRoque disse...

Lindo...poema e foto!

poetaeusou . . . disse...

*
que puras colheitas,
por alguem colhidas,
,
conchinhas,
,
*

Dulcineia (Lília) disse...

Querida Efigénia,
Finalmente consegui aqui chegar...
O meu PC tem andado mal.Passa a vida a congelar.
Bonito poema, e a flor uma alegria.
Obrigada por estar no arco-íris! A sua presença só o engrandece. Apareça, critique , questione, discorde... sempre com sorrisos lindos como o seu!
Beijinhos com ternura e sorrisos do m/jardim!

Antonio Paulo disse...

Sementes de paz de amor
canteiros floridos de alegria
nasçam elas todos os dias

que tragam sempre esperanças
em praças cheias de crianças
assim são as sementes da vida.

águia_livre disse...

Foto muito bonita, poesia sublime.

Gostei muito

Obrigado pela visita.
.

Emanuel Azevedo disse...

Lindas palavras, bonita serras,
teus poemas tem encanto,
enquanto lavras as terras,
eu aplaudo e canto.

depois pões as sementes,
e a terra por cima,
escreves o que sentes,
com tua linda rima.

Um beijinho de Portugal.

Zé Maria disse...

"Semeio uma mão pura de sementes
que outros semearam noutras gentes..."

Continue a semear, cara amiga, pois a sua palavra vai germinar seguramente nos nossos corações.

Tudo de bom para si, cara Efigênia
Abraço amigo

Dona Sra. Urtigão disse...

Palavras delicadas representando emoções fortes. É assim que te leio.