sábado, 22 de agosto de 2009

Talismã

Talismã

Passatempos do Amor, quantos
alimentei desde menina, eram
unicamente as leviandades da
minha seiva, incerta peregrina.



Que vivia num giro turbulento,
entontecida pela doce quentura,
pelos tons ocres e festivos das
emoções da adolescência gárrula!



Passatempos de Amor,
sem devotamento e promessas
sem profundeza, sem delírios,
sem beijos, se iam bem depressa.



Até que um dia, arremessada
por uma brisa mágica, descobri
a semente benfadada de um
sentimento vindo de outras paragens.



Foragido, veio dentro de mim
pedir guarida na ardência dos
meus afagos e cuidados, e criou
prolongamentos arraigados.



Seduziu-me com alvos sentimentos,
que agora se entretece e enrodilha
na alma que lhe fez, numa azáfama
de artista, o Amor em júbilo triunfal;



És meu Talismã régio, e pelo
privilégio de possui-lo, eu cuido
que daria, sem demora,todo
meu sangue, todo meu quente fluido...



Efigênia Coutinho

12 comentários:

DoUgLaS BaRrAqUi disse...

Ola minha cara amiga poetiza...
não deixo de visitar sua página pois sei que aqui encontro doce da poezia.

Muitas alegrias em decorrencia do sucesso minha amiga!

EDUARDO POISL disse...

FELICIDADE!

Quando o vento bater à sua porta,
Abra devagar,
Para deixa-lo entrar
Pense quanto de bom poderá receber,
Se estiver pronto para tal,
Mas as conquistas diárias
Estamos sempre apostando tudo
e a cada recomeço,
Percebemos, o quanto é gratificante,
Estar pôr perto de quem se gosta de verdade,
Sua simpatia,
Corresponde o momento de felicidade
e transborda de alegria
o coração de quem recebe.

(Roseli Alcântara)

Desejo toda a felicidade neste domingo.
Um grande abraço.

virgínia vicamf além mar disse...

Poeta Efigênia tua Paixão borda a Poesia de uma intensidade única,
lindo parabéns amiga,
boa viagem, até a volta!
abraços de admiração sempre agradecidos

...EU VOU GRITAR PRA TODO MUNDO OUVIR... disse...

Seus poemas sempre perfeitos,mas eu gosto mais na vida do tempo dos talismãs...

Um beijo!Sonia Regina.

Papagaio Mudo disse...

"talismã régio"
intenso!


regicídio - Macbeth...

abs,

Gustavo

ParadoXos disse...

é por isso que ainda tenho muito que aprender!

um beijo grato!

EDUARDO POISL disse...

AMIGOS

«Mais que uma mão estendida
mais que um belo sorriso
mais do que a alegria de dividir
mais do que sonhar os mesmos sonhos
ou doer as mesmas dores
muito mais do que o silêncio que fala
ou da voz que cala, para ouvir
é, a amizade, o alimento
que nos sacia a alma
e nos é ofertado por alguém
que crê em nós.»

(Desconhecido

Desejo um lindo final de semana com muito amor e carinho.
Abraços

Eduardo Aleixo disse...

Talismã, tanca indiana, mandala nepalesa, viagem do amor em direcção ao Centro, aí, onde o amor tem letra grande e
é incondicional, sublime, divino...

EDUARDO POISL disse...

Pensamos demasiadamente
Sentimos muito pouco
Necessitamos mais de humildade
Que de máquinas.
Mais de bondade e ternura
Que de inteligência.
Sem isso,
A vida se tornará violenta e
Tudo se perderá.
(Charles Chaplin)

Hoje passando para desejar um final de semana com muito amor e carinho.
Abraços do amigo Eduardo Poisl.

DoUgLaS BaRrAqUi disse...

Ola meus caros amigos,

Gostaria de convidá-los para conhecer meu mais novo trabalho no campo de pesquisa em história, história ambiental, visite: http://ambientalhistoria.blogspot.com/
Um grande abraço a todos!

Douglas Barraqui

Víctor Manuel disse...

Felicitaciones Efigenia por la poesía publicada en los blog. Todos hermosos. Este poema las palabras flotan en tu cuerpo y nos reflajan como espejos dentro del lector dándonos una lección de la diálectica del deseo.

Víctor Manuel Guzmán

Márcia disse...

Bom dia doce poetiza..
Suas poesias continuam um encanto..
Aprendo muito com você,com seu brilho e intimidade com as letras.
Que sua semana seja harmoniosa.
Beijos