segunda-feira, 20 de abril de 2009

Beijo em Flor!










Beijo em Flor!
Efigênia Coutinho

Faço desta vida Amor, bem-fazendo
toda vida, sendo o Amor alimento
valem mil vidas esse sentimento
dentro, o coração por ti embriagado.

Contigo, todo néctar encantado
onde vou enamorada cantando
Amado! Só tu me enternece tanto
Das mil delicias que me dás teu canto.

Celestes sons que do céu me criva
das belas artes do amor, o amor cultiva
Pela vida vou cantando bela e risonha.

Naquele momento distante me perdi
um indelével sonho sem dor
na comunhão de bocas o beijo em flor!

Balneário Camboriú
Abril 2009

14 comentários:

Alvaro Oliveira disse...

Maravilha este beijo em flor!
Pleno de romantismo, amor e
sentimento.
Este seguir pela vida cantando
bela e risonha...
Feliz porque a vida lhe sorri...
e desejo que continue a sorrir-lhe
ao longo de muitos anos.

Um beijo, amiga Efigénia

Alvaro Oliveira

~*Rebeca e Jota Cê *~ disse...

O Néctar da Flor mais uma vez homenageia os amigos queridos com mais um selo, onde a magia acontece, seja ela qual for.
Não existem regras, apenas repasse com carinho para aqueles que fazem a mágica da escrita criar vida.



Beijos jogados no ar, sempre!

-

Elcio Tuiribepi disse...

Oi Efigênia...puxa vida, to aqui pensando...quantos blogs e todos cheios de belas imagens e poemas...
Você já tem algum livro editado?
Obrigado pelas palavras lá no Verseiro...bom ferido...um abraço na alma

Alvaro Oliveira disse...

Querida amiga!

Passe no meu blog,
que prémio para si.

Um beijo
Alvaro Oliveira

UMA PAGINA PARA DOIS disse...

Entre o que vejo e o que digo,
entre o que digo e o que calo,
entre o que calo e o que sonho,
entre o que sonho e o que esqueço,
a poesia.
Desliza entre o sim e o não:
Diz o que calo,
cala o que digo,
sonha o que esqueço.
Não é um dizer: é um fazer.
É um fazer que é um dizer.
A poesia se diz e se ouve: é real.
E, apenas digo é real, se dissipa.
Será assim mais real?

(Octávio Paz – México)

Desejo uma semana iluminada, com muita paz e amor.
Do amigo
Eduardo Poisl

tossan disse...

A tua arte na poesia me encanta. Beijo

Tomara ser eleito
no aconchego
da tua paixão,
tatuar as nossas almas...
é inextinguível,
somos anjos...
Lembra?
tossan

Duarte disse...

Como gosto deste beijo em flor,
portador de tanto amor.
Expressão dum sentir, tão tua,
numa felicidade que perpetua.

Um abraço meu

Daniel Costa disse...

Efigénia

Um amor assim de optimismo feito, é-o de verdade. No fundo, talvez mesmo amor da humanidade.
Daniel

virgínia além mar- peixe voador disse...

neste encontro de bocas o Soneto
cria asas ,geme além do tempo alçando-nos aos devires da paixão, minha talentosa amiga Poeta Efigenia
parabéns !
abraços da tua admiradora e amiga
de sempre grata virgínia

as-nunes disse...

Eugénia
Venho agradecer a gentileza das suas palavras no meu blogue. Imerecidas, talvez. Com tanto blogue por esse Mundo fora.
A sua poesia é forte, sentida, linda.
Bela!

Beijo
António

as-nunes disse...

Desculpe.
Queria dizer Efigénia.

António

Eduardo Aleixo disse...

Efigénia

É um lindo poema de canto e de encanto, florido, leve, viçoso de vida, de alegria e de esperança. Adorei. Abraço

Sabasan disse...

E' se,pre molto belle tornare a leggerti
Grazie. Un abbraccio
Saba

Tais Luso de Carvalho disse...

‘Naquele momento distante me perdi
um indelével sonho sem dor
na comunhão de bocas o beijo em flor!’

Querida Efigênia, teus poemas me encantam pela delicadeza e sensibilidade.
Nada como ser poeta...

Meu carinho
tais luso